10 de set de 2011

REFÚGIO

10 de set de 2011
.
Vou refazer-me de um ponto
De uma virgula adjacebte
Que é a tese em confronto
De eu em mim sentir-me gente.
.
Vou seguir meu cadafalso
Que se estreita no caminho
E se perde no encalço
De eu em mim estar sozinho
.
Vou seguir... não vou seguir
Já não sei ou quero crer
Que eu em mim só posso ir
Quando enfim eu me perder.
.
FTO

1 comentários:

gustavo disse...

gostei do seu poema,e,principio sou um principiante que começa a escrver se poder colaborar me ajude a divulgar este blog ainda novo que acabo de fabricar http://www.primaverasolidaria.blogspot.com/